Blog

Conselho do dia: 04 de abril de 2017 Marisol

Conselho do dia: 04 de abril de 2017

Cartas: Ás de Paus + A Justiça Deck: Tarot de Rider-Waite Bem-vindos a Taromantes! O dia está propício ao desenvolvimento da criatividade, da espiritualidade e do equilíbrio entre a razão e a emoção. É o momento do encontro consigo mesmo. Aproveite e tenha uma boa conversa com o seu EU. “Toda ação produz uma reação. O espírito deve estar preparado para este choque de forças, onde a imparcialidade é a arma mais adequada.” Tenha um excelente dia! (Conselho da taróloga Marisol)

leia mais
Dia de Sorte Konno

Dia de Sorte

Sabe aquele dia em que temos a sensação de que está dando tudo errado?   Lembro-me que acordei assustado e olhei para a janela. Estava fechada, porém as frestas brilhavam de um jeito errado: atrasado! Oh... droga! – Pensei. Levantei-me e peguei meu celular no criado-mudo. Desligado, sem bateria. Corri desesperado até a sala e confirmei no relógio do DVD: 7:30. – Oh... droga – repeti, só que agora em voz alta. Tomei banho às pressas. E, ao fechar o registro de água, eu percebi que não tinha pego nem a toalha e nem minhas roupas. Fiquei olhando para o nada pensando em como alguém poderia ser assim: tão idiota! Atravessei quase toda a casa, molhando tudo, e me sequei no meu quarto. Depois que me troquei, tive que enxugar o chão todo com um rodo e um pano-de-chão que resolveram brincar de esconde-esconde, demorei uma eternidade para encontrá-los. Fui até a cozinha e descobri que não tinha café e nem pão velho. Perfeito! Não dava tempo. Fui trabalhar com fome mesmo - decidi que quando eu chegasse lá compraria alguma coisa para comer.   Bom, não foi só isso que aconteceu: eu acordei novamente naquele mesmo dia. A diferença dessa vez era uma incrível dor no nariz e na testa. – Ai!! – reclamei espantado no chão ainda sem entender. Ao meu redor, muitos rostos de pessoas desconhecidas entrando em foco. – Você tá bem cara? – Um rapaz me perguntou. Me levantaram, me deram uma bolacha de água e sal e um pouco de água. Assim que entendi o que acontecera, senti meu rosto ficar quente e provavelmente fiquei roxo de tanta vergonha. Desmaiei. E, pela dor, caí de cara no chão. Foi a pressão baixa por causa da fome, pois ao comer a bolacha, senti a melhora rapidamente. Que vergonha, cara... que vergonha!   – Quase duas horas de atraso! – Meu chefe gritou. – Eu pedi para você se atentar hoje, merda! O cliente é importante e blá blá blá... Bom, eu dei um amenizada na frase dele. Tinha muito mais palavrões e gritarias mal educadas, mas você não precisa saber disso. O caso é que tive que compensar e acabei ficando até três horas depois do meu expediente. Sozinho.   Exausto, caminhei devagar até o ponto e, graças à minha lerdeza tristonha, um pouco antes de chegar, vi o meu ônibus saindo de lá sem mim. Ótimo: era uma linha que demorava de hora em hora entre um e o outro. Perfeito! Agora só me falta ser assaltado! – Pensei já me arrependendo. Era um lugar perigoso e estava escuro e com pouca gente na rua. Por sorte não aconteceu.   Mais sorte ainda foi quando entrei finalmente no ônibus uma hora e meia depois e pisei no pé de uma moça que lia um livro em pé perto da catraca – estava lotado e tive que me contorcer para tirar o pé dali, de cima do dela. - Aí!!! – Ela reclamou. Pronto! O constrangimento final! - Ah meu Deus, me desculpe!! – pedi à ela. - Tudo bem, meu dia está péssimo mesmo: um pisão não é muita coisa – ela respondeu sorrindo. Digo isso à ela que até hoje: foi ali, quando ela sorriu para mim, que eu me apaixonei. De cara, à primeira vista e de forma definitiva. - Meu dia também está sendo horrível... – comecei a contar. Acabamos competindo aos risos para ver quem estava na pior e foi muito engraçado.   Bom, se eu não tivesse acordado atrasado, esquecido minhas roupas, enxugado a casa, desmaiado, ficado até mais tarde para compensar e perdido o primeiro ônibus, eu não teria conhecido minha esposa. É algo sobre que reflito sempre.   Sabe aquele dia que dá tudo errado? Siga em frente, pode ainda se tornar o melhor dia da sua vida.  Escrito por Konno

leia mais
Conselho do dia: 03 de abril de 2017 Jefferson

Conselho do dia: 03 de abril de 2017

Cartas: Os Caminhos + A Cegonha Deck: Mystical Lenormand Bem-vindos a Taromantes! Hoje o dia começa indicando que a sorte está a seu alcance. O seu caminho está iluminado e como você tem pedido aos céus um caminho, ele está te presenteando com dois. Ou seja, a escolha é sua, ouça seu coração, e siga rumo à felicidade!

leia mais
Conselho do dia: 02 de abril de 2017 Claudia

Conselho do dia: 02 de abril de 2017

Cartas: O Coração + O Cão Deck: Alone's Vision Lenormand Bem-vindos a Taromantes! Faça tudo com muita firmeza e carinho e verá que o retorno é certo e que lhe mostrará que sua escolha foi acertada. Além disso, será bem acompanhada por pessoas que lhe querem bem e vão contribuir com este momento. (Conselho da taróloga Claudia)

leia mais
Conselho do dia: 01 de abril de 2017 Mariluce

Conselho do dia: 01 de abril de 2017

Cartas: O Carro + Dois de Paus Deck: Tarot de Marselha Bem-vindos a Taromantes! Haverá uma mudança radical que você poderá usar para melhorar o que está vivendo. Porém, deverá ter muito cuidado para não considerar só as suas necessidades, mas também as dos outros. Desse modo, alcançará o seu objetivo serenamente e sem remorsos. (Conselho da taróloga Mariluce)

leia mais
Conselho do dia: 31 de março de 2017 Marisol

Conselho do dia: 31 de março de 2017

Cartas: O Sol + Valete de Paus Deck: Tarot de Rider-Waite Bem-vindos a Taromantes! Hoje você poderá brilhar e ter sucesso nos seus empreendimentos. Saiba encarar tudo o que lhe ocorrer hoje como uma benção. É o momento certo para novos empreendimentos e levar adiante iniciativas, que poderão ser coroadas de êxito. Só por hoje mantenha-se calmo e despreocupado! “A felicidade é um estado de alma, em que saboreia uma constante satisfação”. (Conselho da taróloga Marisol)

leia mais
Conselho do dia: 30 de março de 2017 Lua

Conselho do dia: 30 de março de 2017

Cartas: Rainha de Paus + Rainha de Copas Deck: Radiant Rider-Waite Bem-vindos a Taromantes! Hoje estaremos com uma postura mais cheia de entusiasmo e mais força de vontade que o habitual. Toda essa energia pode acabar servindo de incentivo para as pessoas a nossa volta. Mesmo que alguma adversidade apareça hoje, ela será facilmente contornada, desde que confiemos em nós mesmos e em nossa intuição, que também terá grande destaque. O que pode ser também um excelente momento e nos ajudar a conhecer melhor os nossos próprios sentimentos. (Conselho da taróloga Lua)

leia mais
Conselho do dia: 29 de março de 2017 Nora

Conselho do dia: 29 de março de 2017

Cartas: O Imperador + O Julgamento Deck: Tarot dos Anjos Bem-vindos a Taromantes! No conselho de hoje, as cartas nos dizem para sermos flexíveis. De nada adianta a dureza do Imperador diante do Julgamento: a vida é frágil e passa rápida. Vamos viver pensando que nada é para sempre, por isso bom senso nas ações. Boa sorte! Que Deus nos abençoe. Um abraço! (Conselho da taróloga Nora)

leia mais
Conselho do dia: 28 de março de 2017 Criz

Conselho do dia: 28 de março de 2017

Cartas: O Sol + Os Pássaros Deck: Baralho Cigano Bem-vindos a Taromantes! Este dia está especialmente aberto através do Sol, que indica plenitude da vida, energia, positivismo. Em seguida temos Os Pássaros, o casal, a parceria, momento ideal, seja para os negócios e sociedades ou para a vida sentimental feliz. Aproveitem! Sorte e luz! (Conselho da taróloga Criz)

leia mais
Qual o seu legado? Konno

Qual o seu legado?

Eu estava vendo um programa de TV e nele havia uma cena em que um garotinho iluminado meditava em frente à uma estátua de Buda. - Por que está tão triste? – O espírito de Buda lhe perguntou. De olhos fechados, mas cheios de lágrimas, o garotinho disse que estava confuso. Ele podia ver e sentir as pessoas lutando e trabalhando para construir suas vidas. Amando e odiando enquanto sofriam todos os dias para conseguir suas coisas. - E qual é o problema? – Buda quis saber. O garotinho enxugou as lágrimas e respondeu que não compreendia o motivo de tudo aquilo. Se as pessoas vão morrer um dia, por que fazem essas coisas? Por que lutam tanto, por que sofrem e amam tanto? Qual o sentido se tudo vai acabar? Uma energia reconfortante envolveu o garoto e o preparou para receber a orientação de Buda: - O que você não entende, meu filho, é que a morte... a morte não é o fim de tudo!   Achei essa cena forte e reflexiva. O que você faz e constrói não será perdido... bens materiais são sim castelos de areia, mas penso que levaremos conosco para sempre o que cultivamos no coração e é por isso que devemos nos atentar no que guardamos nele. Todas as nossas ações e atitudes deixam um legado para as pessoas ao nosso redor. Estar nas recordações das pessoas é também uma forma de continuarmos nesse plano, e está aí a pergunta: como você será lembrado?

leia mais